História do World of Warcraft

10/12/2009

Capitulo I: Mitos

A explosão catastrófica resultante quebrou a terra e destruiu os céus.

Depois dos terremotos causados pela implosão do Well os ossos do mundo foram sacudidos, os mares se apressaram em encher a ferida aberta da terra. Tinham sido dinamitados quase oitenta por cento do grande continente de Kalimdor, enquanto sobrava apenas um punhado de continentes separados que foram cercados pelo novo e furioso mar. O centro do novo mar onde uma vez o Well of the Eternity estava, virou uma tempestade tumultuosa de fúria relativo a maré e a energias caóticas. Esta cicatriz terrível, conhecida como o Maelstrom, nunca deixaria de girar furiosa. Permaneceria como uma lembrança constante da catástrofe terrível. . . E a utópica que estava para sempre perdida.

De alguma maneira, contra as probabilidades, a rainha Azshara e a elite de seus Highborne conseguiram sobreviver a provação. Torturados pelos poderes que eles tinham libertado, Azshara e seus seguidores foram arrastados para baixo do mar furioso pela implosão do Well. Amaldiçoados – eles – transformaram – e assumiram novas formas se tornando as odiosas serpentes Nagas. A própria Azshara se expandiu com ódio e se enfureceu, enquanto se transformava em uma monstruosidade, refletindo a maldade e malícia que sempre tinham escondido dentro de seu coração.

Lá, no fundo do Maelstrom, as Nagas construíram para elas uma cidade nova, Nazjatar do qual eles reconstituíram o seu poder. Levaria mais de dez mil anos antes das Nagas revelarem a sua existência para o mundo da superfície.

Ler Mais Tópicos e Capítulos